Artigos e Imprensa

Por que devemos meditar

por Sandra Rosenfeld 

 

 

Atualmente nos deparamos com a indicação da prática da meditação em praticamente todo artigo e vídeo que verse sobre qualidade de vida, saúde e autoconhecimento. Hoje mesmo estava assistindo a um vídeo muito interessante do neurologista Fabiano Moulin a respeito de envelhecimento e sono quando, logo de início, ele fala da importância da meditação nesse processo.

 

Mas por que de uns anos para cá a meditação está tão em evidência e tão bem indicada por médicos de várias especialidades e terapeutas? A resposta é: devido às pesquisas realizadas em vários países, inclusive, aqui no Brasil, em universidades e centros de pesquisas, além de em hospitais consagrados.

 

As pesquisas sobre os benefícios da meditação na saúde física, mental e emocional do indivíduo vêm sendo realizadas há mais de trinta anos, e um dos precursores é o Dr. Herbert Benson ‒ fundador do Instituto Mente/Corpo da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos ‒, que, há 38 anos, dedica-se a pesquisas científicas que comprovam: a meditação melhora substancialmente a sua saúde.

 

Amparada pelas crescentes inovações e novas tecnologias na área da medicina de diagnósticos, como exames de imagens com aparelhos de última geração, as pesquisas evoluíram muito, assim, podendo comprovar, inclusive, as mudanças que acontecem no cérebro com a prática da meditação.

 

Por isso, muitos que, antes, tinham um olhar cético e viam a meditação como algo esotérico tiveram de se render às evidências das pesquisas e, hoje, já aceitam a meditação como importante coadjuvante em muitos tratamentos de saúde e como ferramenta fundamental para minimizar e até curar alguns distúrbios gerados pelo estresse e pela ansiedade.

 

A meditação ajuda de forma significativa no tratamento da insônia, síndrome do pânico, depressão, quadros de ansiedade, controle da pressão arterial, dores em geral e muito mais.  

 

A meditação, também, atua de forma especialmente positiva, gerando relacionamentos interpessoais mais saudáveis, na melhora da memória, no aumento da criatividade, da intuição e do foco. A prática regular da meditação proporciona autoconhecimento e, portanto, soluções naturais para “problemas” que atrapalham e atrasam a prosperidade na vida pessoal e profissional do indivíduo.

 

Estou lendo um livro muito bom ‒ “O poder da cura da meditação”, de Andy Fraser ‒ e um dos trechos que gostei, especialmente, é quando ele coloca:

“Diga para si mesmo: Mereço 10 minutos de paz e tranquilidade. Mereço um tempo só para mim onde não tenho que falar, expressar opiniões e julgamentos.”

 

A meu ver, só por conta disso, todos nós já devíamos meditar, todos os dias, pelo menos, dez minutinhos.

 

 

Sandra Rosenfeld
Especialista em Qualidade de Vida como Escritora, Palestrante, Instrutora de Meditação e Executive & Personal Coach. Autora dos livros "Durma Bem e Acorde para a Vida" e O que é Meditação, ed. Nova Era / Record. 

www.sandrarosenfeld.com.br / contato@sandrarosenfeld.com.br

(Agosto / 2019 - publicado no BLOG Bemzen) 

Comente e Compartilhe!!

Exponha sua opinião e veja a opinião de outras pessoas.

Comentários

Comentários Anteriores

Não existe nenhum comentário anterior publicado.